Israel & Rodolffo

Conto De Fadas / Hipnose

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Jurei ser diferente
Falei que era feio homem que mente
Que me sentia bem com seus parentes
Mas para, espera um pouco, deixa eu te falar

Jurei não te deixar
Falei que não iria te fazer chorar
Que apostaria tudo nessa relação
Mas para, espera um pouco, tenho a explicação

Então te conquistei
E desse seu amor que eu provei
Te coloquei no mundo de ilusão
Depois que me entregou seu coração

Agora pode me xingar que pra mim tanto faz
Pode se revoltar mostrar a sua ira, (era o que?) era tudo mentira
Entenda que não quero mais, passou, ficou pra traz
Agora tanto faz e eu não sinto nada
Você caiu no meu conto de fadas

E vem, e mata essa vontade louca
Que você tem de mim
Desconta na minha boca a raiva por querer tanto assim
Alguém que só te quer por uma noite e nada mais
Vai, sentir o gosto do próprio veneno
Amanhã quando o seu coração estiver doendo
Vai saber a dor, que só causou a vida inteira

O meu olhar te desconcerta
Eu sou a prova concreta que você tem um coração
Eu te causo arrepio, estômago frio, suor nas suas mãos

Sou objeto do seu desejo
A goiabada do seu queijo
O arroz do seu feijão
Sou a sua última dose que te dá hipnose, ressaca de paixão (vem, vem)

Vem, e mata essa vontade louca
Que você tem de mim
Desconta na minha boca a raiva por querer tanto assim
Alguém que só te quer por uma noite e nada mais
Vai, sentir o gosto do próprio veneno
Amanhã quando o seu coração estiver doendo
Vai saber a dor, que só causou a vida inteira


Autor(es): Israel Antonio Ribeiro, Rodolffo Matthaus Da Silva Rios

Canciones más vistas de