Luhli

Coração Aprisionado

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Coração aprisionado
Não canta, não canta amor
Há uma fera à solta,
À solta, amor,
Dentro de mim
Ai, há uma fera à solta
E a minha garganta, amor
Se estreita e se cala,
A solidão é assim

Não quero conter em mim
O espinho da rosa,
A defesa da rosa
Fruto espinho da dor
Não quero conter em mim
O espinho da rosa,
A defesa da rosa
Fruto espinho da dor

Coração aprisionado
Não canta, não canta amor
Há uma fera à solta,
À solta, amor dentro de mim
Ai, há uma fera à solta,
E a minha garganta, amor
Se estreita e se cala
A solidão é assim:
Silêncio.