Ademilde Fonseca

Cinema Mudo'

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu vi um filme de Carlitos
Que por muito tempo me deixou pensando
Voltei aos tempos de criança
Dando gargalhadas e depois chorando
Na tela do cinema mudo
Ele dizia tudo, só pela expressão
Posando mudo aquele vagabundo
Foi bem no fundo do meu coração
Você que é todo poderoso
Vive desgostoso pois quer muito mais
arranje sua bengalinha, seu chapéu-de-côco
Olhe um pouco pra trás
Dinheiro só lhe deu vontade
De ter mais dinheiro
E muito mais cartaz
Mas a felicidade você não tem
E nem a paz, o céu, o que será?
O céu onde é que está?
Num barracão de zinco ou na maior mansão
Só sei que está em nosso coração
Amor sem ter vintém
Dinheiro sem ninguem
Para escolher a gente tem que ter
Tempo e cabeça para meditar
Que as coisas boas dessa vida
Ninguem poderá comprar.


Autor(es): Klécius Caldas / Waldir Azevedo

Canciones más vistas de

Ademilde Fonseca en Octubre