Cunhã - A Criatura de Tupã

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Bem viram os olhos da tribo
Que lhes concederam
Cunhã-poranga...

Cheirosa flor do mato
Que Tupã benzeu
Te criou com sutileza
Aprimorou teus traços
De índia guerreira
Reuniu em ti toda a imortal beleza

Salva dos guerreiros Tupi
Hei hei hei!
À linda rosa que nasceu
Com pétalas azuis

Menina moça, cunhã-poranga

O arco, para ser guerreira
(índia guerreira)
A flecha, pra dançar aos ventos
As penas, pra adornar o corpo nu
Da semente da samaumeira
Toda a leveza
Nativa beleza
Selvagem cunhã
Vem dançar
Á á á á ...

*Do tupi: cunhã - moça poranga - bonita

Las canciones más vistas de