Apá Silvino

Curta A Vida

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Os dias andam, as noites dormem
Quando eu vi foi ontem
No ano passado a muito tempo
Pelo que me lembro

Dor que passou, gesto que não fiz
O som claro de um sim
Amor que vem, corpo que cai
Um copo que se esvai

Estou cheio de dias, minutos tantos
Nos confusos cantos do passado
Empoeirado mas vivo, cada sentimento etiquetado
Diz de mim, de mim me trás, um prazer a mais

Estou cheio de tempo, todos juntos
Nos meus planos que deram errado
De repente acerto o alvo
Quando volto a outro lado
O que foi vida em vida se desfaz
E eu vou atrás

Ficar velho não me assusta
Você diz que a vida é curta
Então curta a sua idade
Hoje é sempre um novo dia
Pra aproveitar a alegria de poder sentir
Saudade


Autor(es): Apá Silvino / Gilvrandro Filho