Genival Santos

Colher de Chá

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Não há mais tristeza
Tudo é alegria
No meu coração
A mulher que eu amo
Está novamente
No meu barracão

Agora só resta
Saber se a malvada
Vai se comportar
Fazer uma jura
E me prometer
Não mais errar

A mulher que é mulher
Não despreza seu lar
Pra viver pela rua
Bebendo e fumando
Contemplando a lua
Sem ter um cantinho
Pra se abrigar

Vou lhe dar o perdão
Porque a pobrezinha
Não pensou direito
E foi sem querer
Que machucou
Meu peito
Por isso merece
Uma colher de chá

Vou lhe dar o perdão
Porque a pobrezinha
Não pensou direito
E foi sem querer
Que machucou
Meu peito
Por isso merece
Uma colher de chá

Não há mais tristeza
Tudo é alegria
No meu coração
A mulher que eu amo
Está novamente
No meu barracão

Agora só resta
Saber se a malvada
Vai se comportar
Fazer uma jura
E me prometer
Não mais errar

A mulher que é mulher
Não despreza seu lar
Pra viver pela rua
Bebendo e fumando
Contemplando a lua
Sem ter um cantinho
Pra se abrigar

Vou lhe dar o perdão
Porque a pobrezinha
Não pensou direito
E foi sem querer
Que machucou
Meu peito
Por isso merece
Uma colher de chá

Vou lhe dar o perdão
Porque a pobrezinha
Não pensou direito
E foi sem querer
Que machucou
Meu peito
Por isso merece
Uma colher de chá

Canciones más vistas de