Barrerito

Comadre Gabriela

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu to de olho na comadre Gabriela
Tem gente pulando o muro e roubando a fruta dela
(2 vezes)

A comadre Gabriela é muito cheia da grana
Sei que ela não engana que é uma pessoa de bem
Um dia desses ela comprou um pomar
Dá até pra admirar de tanta fruta que tem.
O seu pomar ela já pôs no seguro
E mandou fazer um muro todinho de pedra bruta
Minha comadre é bastante inteligente
Só que lá não consente que ninguém roube sua fruta.

A comadre Gabriela tá no mato sem cachorro
Passa o dia atrás do morro vigiando seu pomar
Não adianta tanto esforço, tanta luta
A turma rouba toda fruta quando ela vai deitar
No outro dia quando vê que foi roubada
Deixa a porta bem trancada e se esconde lá nos fundo
To vendo a hora que ele perde a paciência
Vai doer na consciência e dá fruta pra todo mundo.