Com a Lua nos Olhos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Com a lua de frente, com a lua nos olhos
E a lua se arranha no espinho dos molhos
Embora arranhada garante o lunar
e eu vou pela estrada com ela no olhar

Escarceia o Estrelo por mais um passeio
Pervertido no más na coscorra do freio
A franja do pingo arremeda o trejeito
Do lenço que trago no osso do peito

Batendo na marca, me vou despacito
Cruzando os caminhos do pago bendito
A lua vem parda mudando de pêlo
Também vem nos olhos do meu pingo Estrelo

Com a lua de frente, com a lua nos olhos
E a lua se arranha no espinho dos molhos
Embora arranhada garante o lunar
E eu vou pela estrada com ela no olhar

Eu sigo pro rancho da prenda bonita
Que sempre me espera com saia de chita
Garanto que ela nem mate tomou
Se até os quero-queros já sabem que vou

Cheguei na porteira trazendo um porém
Se a lua é de todos é minha também
De longe no más, avistei a xirua
Pois vieram meus olhos banhados de lua

Com a lua de frente, com a lua nos olhos
E a lua se arranha no espinho dos molhos
Embora arranhada garante o lunar
E eu vou pela estrada com ela no olhar


Autor(es): Ezequiel Da Rosa / João R. Teixeira Chiappetta

Canciones más vistas de