Visão Moral

Conflitos Em Pensamentos

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Conflitos em pensamentos me estranham na cela
Eu vejo na escuridão um clarão de vela
Quero me encontrar agora com a liberdade
Quem sabe poder voltar pra casa longe da maldade
Cada corredor escuro uma morte rola
Até mesmo na quadra eu jogando uma bola
Eu vejo o olhar do PM na muralha
Qual das cartas vale mais vem embaralha
Um zap jogado na mesa me mostra tudo
Qual a diferença de um ladrão sem estudo
Sem diploma pra roubar ele tem mancha de sangue
Tem até no braço tatuado sua gangue
Nem carcereiro chega perto pra ti mostrar
Qual das celas desse inferno você vai morar
Pode acreditar se não for esperto vacila
Fique ligeiro então pra não ser o primeiro da fila

Tô no inferno aqui sobrevivendo
Já que é pra matar então vamo parar o tempo
Eu quero ti ligar a minha realidade
Veja como a vida fica louca atrás das grade
Tô no inferno aqui sobrevivendo
Já que é pra matar então vamo parar o tempo
Eu quero ti ligar a minha realidade
Veja como a vida fica louca atrás das grade

Várias fases louca da vida superada
Chegou mais um primário agora de madrugada
Pode colar seja bem vindo tio no inferno
Sem galinhagem aqui ninguém veste de terno
Várias rebelião o resultado por um motivo
Data comemorativa não posso vê meu filho
O gatilho é apontado de cima nem vejo
Não tenho sorriso no rosto nem mais desejo
Em pleno domingo minha mãe parada no portão
Com um dinheiro que ganhou na rua catando papelão
Veja só a traição que vem da parte deles
Agora também vou conquistar meu óscar mó sede
A vingança vai a mil aqui na minha mente
Tento melhorar mas quando eu vejo as corrente
Desespero de um pilantra com facadas no barriga
Fique ligeiro então pra não ser a próxima das vítima

Tô no inferno aqui sobrevivendo
Já que é pra matar então vamo parar o tempo
Eu quero ti ligar a minha realidade
Veja como a vida fica louca atrás das grade
Tô no inferno aqui sobrevivendo
Já que é pra matar então vamo parar o tempo
Eu quero ti ligar a minha realidade
Veja como a vida fica louca atrás das grade

O dado rolando o meu jogo continua
A minha voz na ativa só na rádio cultura
Que adianta se Flórida Paulista é esquecida
De que adianta se eu vivo dentro de uma penita
Mas vivo consciente da minha missão que eu faço
Não vou me deixar levar por apenas um fracasso
Se mantenho de pé até hoje tem algo á vê
A minha atitude prevalece até se eu morrer
Hoje pela manhã foi outro com pneomônia
Morreu dentro do comboio longe da minha família
Agora o seu cadáver fica dentro de um buraco
Ou no esgoto jogado sem um caixão lacrado
Presidiário tem valor mais vários não aceita
Quantos passaram por aqui e hoje estão na igreja
Odeio gambé vou ligar sonhei na maldade
Ligeiro com seu pesadelo pra não virar mais um cadáver

Tô no inferno aqui sobrevivendo
Já que é pra matar então vamo parar o tempo
Eu quero ti ligar a minha realidade
Veja como a vida fica louca atrás das grade
Tô no inferno aqui sobrevivendo
Já que é pra matar então vamo parar o tempo
Eu quero ti ligar a minha realidade
Veja como a vida fica louca atrás das grade


Autor(es): Mano Escadinha

Canciones más vistas de

Visão Moral en Septiembre