Marcos Ferreira

Contramão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Pego meu violão e desço a estrada pela contramão
Ninguém manda em minha vida e ninguém me diz o que fazer
Se eu tiver que errar ninguém pode me culpar
Pois até hoje não conheci quem houvesse só acertar

É mais fácil criticar do que me ajudar
Preciso de amigo para me defender não para me repreender
Por isso pego meu violão e canto esta canção
Pois este é o modo que tenho quando quero me desabafar

Vejo tudo errado quando eu ligo a televisão
E tudo isso me deixa triste, muito triste mesmo
Pois me cobram por tão pouco perto do que vejo por aí
Acho que sempre descerei a estrada pela contramão

Que injustiça ver alguém que tenta ter o que é teu por direito
Já que lutou tanto por isso... Tanto por isso
Mas perde tudo para alguém que não sabe o valor que aquilo tem
Será que sou eu mesmo que desço a estrada pela contramão?
Por isso pego meu violão e canto esta canção
Por isso pego meu violão e desço a estrada pela contramão


Autor(es): Marcos A.F. Cardoso

Canciones más vistas de