Teresa Cristina e Grupo Semente

Conversa de Malandro/ Responsabilidades

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Não é conversa de malandro
Eu sempre fui malandro
Mas agora não
Gostei de ver o seu sapateado
E quero conquistar seu coração
Está crescente esta amizade no meu peito
Estou contente
E já mandei construir
Para nós um caixote
Já encontrei batente

E lá no morro
Quando o sol chegar
E eu descer sorrindo
Para trabalhar
E alguém perguntar espantado
O que foi que aconteceu
Eu vou dizer
Que abandonei de fato
A vida de orgia
E que vivendo assim
Sou mais feliz
Na verdade o malandro sou eu

Se meu paletó não estiver legal
Se na minha camisa faltar um botão
Você vai ser responsabilizada
E muita gente vai me dar razão
E vão dizer que você
Não é mulher para se confiar
Que tem talento mas que joga fora
E justamente dentro do meu lar

Você vive dizendo
Que o trabalho envelhece a pessoa
Nao é motivo pra viver a toa
Sempre deixando tudo pra depois
Se algum dia eu cismar
Que para mim você não serve mais
Mando você pra casa dos seus pais
E arranjo outra para o meu amor


Autor(es): Paulinho da Viola

Canciones más vistas de