Kamikazes

Coração de Isopor

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Kamikazes Incapazes - Coração De Isopor
M.pizzol / R.lima

Diga-me o quanto é difícil fingir.
Aliás, não me diga nada.
Está tudo estampado, em seus olhos.

Diga-me quantas vezes você fugiu,
De todas as que me lembro.
Novembro, julho, agosto ou abril.

Nada ficou tão claro.
Nada é assim tão raro.
Você sabe que eu ainda,
Conheço o seu jeito.

Eu também sei,
Que não tem mais volta,
Mas a ânsia de obter a resposta,
Ceifa meus dias.

Hoje tudo parece tão volátil,
Sua presença, assim tão perto.
Fato certo, como um muro de concreto.

Hoje nada mais,
Parece tão fácil.
?E se eu pudesse fugir?
?E se eu soubesse fingir?

Diga-me qual é o seu segredo,
Apesar do seu medo.
Ver de verdade, no verde dos seus olhos.

Um resto de saudade, marcas da dor,
Que agora invadem, seu coração de isopor.


Autor(es): M. / Pizzol