Fernando

Coração de Poeta Vagabundo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Doutor vou-lhe dizer me bateu uma tristeza
Em meu peito assim do nada
E me deu aquela vontade de chorar

Não vou negar que esta dor me alegra
Não, não vou não
Também não vou negar que usarei ela
Assim como usei de um amor
Para escrever uma canção

Não posso deixar de escapar
Que esta sensação me acalma
Faz chorar minha alma
Momento que ninguém pode me furtar

Doutor, assim...
No começo parece ser ruim
Mas depois fica tudo bom para mim
E quando percebo a alegria está no fim

Acho que é só sinal de que ele bate bem
Que está ali só para causar esta sensação
E eu só posso agradecer mais uma boa emoção
Que muitos preferem esconder e outros que nem tem

É metade coração vagabundo
A outra de poeta
Gosta de ficar deitado no mundo
E gosta de bater em ritmo de atleta

Que ninguém o humilhe
Pois ele é humilde
Ama amar
O mar
E escrever
Mas no final, doutor
Coração vagabundo e de poeta
Gosta é mesmo de sofrer