Moraezinho

Coração de Porco

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu não nadava me sentindo bem
Fui num consultório medir a pressão
O doutor me disse que eu estava mal
Que um transplante era a solução
E ao transplantar o meu intestino
Se trcar também o meu coração
Órgão de poço iam me botar
Por não ter ninguém para me doar
Foi aquele porco minha salavação.

Depois que eu fiz o transplante
Perante os outros eu sou diferente
Mais minha vida tem sido um sufoco
Eu estaou vendo que vou ficar louco
Com a metade porco e a metade gente.

Por causa disso eu não quis me casar
Mais me amiguei com uma pessoa
Nasceu um filho e jê me deu problema
Tanto pra mim, como a minha patroa.
Pois numa noite fria de inverno
Fazia vento e caia garoa
Ouvi um barulho e já corri ligeiro
Foi o meu filho já pulou o chiqueiro
E tava correndo atrás das leitoas.

Minha mulher se mandou embora
Me disse que eu tava rondando e encerra
Doutor eu quero meus órgãos de volta
Nem que eu preciso fazer uma guerra.
Órgão de bicho é só pra gente fina
Mas não é pra esse grosso do oco da serra
Pra todos os santos eu faço um apelo
Não vou viver comendo farelo
Rolando no barro fuçando na terra.