Coração Maldoso

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Os praga ruim,espicula,identidade secreta
Aperta o dedo 190 pega, (pega)
E da culatra que você criou (criou)
O puro roxo da borracha o sigilo a quebrada

Sirene apagada,fui espancado na noitada
Compô,é bico sujo,vagabundo se não de a fita é luto

Arrasto ninguem,eu não so trem e muito menos comboio
Que só é macho aos moio,guerreiro sou sempre de olho
Meia peça,tijolo,ja garante meu bolso
E tambem o meu bôco,fumaçou pega fogo

Perdi as conta denovo,barraco humilde reboco
Alvo de muito sufoco,tamo junto de novo
Pra da o segundo troco,pra quem espalha miolo
Jogou santista seus porco,achou que tava meloso

Porcos assassinos robôs,porque que nada mudou?
As agressões agravou,de 100,80 tombo
De fato isso me tocou,o ninho da cova chocô
Em mg espalhou,alvo de muito horror

O preconceito de cor,da classe pobre humilde gladiador
Da dor,do amor
Entre a barreira que o sistema implantou (implatou)
A essio pede voto pra apurar assassino de moto

De blazer e helicóptero,na boa enche meu copo
Pm aqui é óbito,é meu registro sonoro
Escrevi protocolo....

Não viu,ouviu,achou que eu tava morto,tava morto
Seu pesadelo voltou acorda coração maldoso
Acorda! acorda coração maldoso
(coração maldoso)

Seu pesadelo voltou,acorda cu de farda
Cts, destrava as quadrada
Falou pros boina cinza,os chapéu de marreta
Sentinelas,robocops,seguidores do capeta

Na calada da noite chute no cu de cuturno
Soco,cassetetetadas na matina no noturno
110 a manivela é rodada sem tempo e limite
O bagulho endoida quando a descarga vai pra 220

Cavalete,pau de arará,filme do bope,saco na cara
Matagal,afoga na água,se digo não sei,tomo coronhada
Armas em punhos,cachorros,coletes a prova de chumbo
Rotam ,rota se dizem,os donos do mundo

Esses dia dois a paizana me abordo perto de casa
Foi logo sacando a ponto 40 e apontando na minha cara
Demônios de farda que sabiam tudo de mim até meu nome
O que eu devia ja paguei mas sou perseguido pelos home

Invento no vdm acabou em selvageria
Um maluco foi enforcado deram um tapa na cara da mina
Ai foi uma guerra,copos e garrafas jogaram
O bagulho ficou doido perifa versos soldados

4 macabro,desacato,cometido contra a malandragem
Repressão policial,fulminantes,demagogos,covardes
Mais um dia esse bang muda,nois vence esse jogo
Vai ser fatality,nesses coração maldoso

Não viu,ouviu,achou que eu tava morto,tava morto
Seu pesadelo voltou acorda coração maldoso
Acorda! acorda coração maldoso
(coração maldoso)

Não viu,ouviu da boca do povo achou que eu tava morto
Seu pesadelo ta de volta acorda gambé pegajoso
Que não acha nada no meu bolso,no baku flagrante forja
Forçando os malandro abraça os quilão de droga

Serviço de inteligência,policia disfarçada
Rotam,tático,rota,rocca e o garra
Policia civil,p2,policia paisana
Geppar,choque o bope militar,desflagrante de bombas

Na cova desacatado aos poucos,são exterminados
Humilhados,espancados assim que vive meu povoado
Promotor,pm,politico,boy preconceituoso
São nada mais,nada menos do que,(coração maldoso)

Coração de pedra aponto,vo com zé culatra
Almejo vê você morrendo eu eu brindando um vinho na taça
Seus dedos mutilados,sua lingua arrancada
Você não vê que não adianta,e só atrasa

Atrasa o nosso corre, e o corre da quebrada
Um presente pra barca,fiseiras espalhadas
Na mão a bomba du bão,na outra o pino da granada
Vou injetar sua onoreto no coração covarde

Que quer meu coração pare quer quer minha boca se cale
Quero que os banda te mate,e ninguem te resgate
Que o seu caixão lacre,que apodreça sua carne
Pra nunca mais sair condecorado com audio kawasaki

A policia me persegue,mas não deixo a malandragem

Canciones más vistas de