Di Paullo e Paulino

Coração Redomão

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

O meu pobre coração foi igual potro fogoso
Não aceitava carinho e nunca foi carinhoso
Mas hoje o meu coração é manso e melindroso
O meu coração agora também já caiu na espora
De um rostinho mimoso

Coração, coração redomão
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de rédeas no chão

Caboclinho delicado e bonito de feição
Menino passou o laço e me chegou no mourão
Agora estou amarrada e presa nas suas mãos
Com carinho e muito jeito malvado invadiu meu peito
E ganhou meu coração

Coração, coração redomão
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de rédeas no chão

Eu estou bem amarrada que nem potro no esteio
O menino com carinho me arreou e pois o freio
Tive que aceitar o amor e não tive outro meio
Essa paixão esquisita, coração que já fez fita
Teve que aceitar o arreio

Coração, coração redomão
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de rédeas no chão

Coração, coração redomão
Que pulou, pulou, pulou
Mas ficou de rédeas no chão


Autor(es): Moacyr dos Santos / Tião Do Carro

Canciones más vistas de