César Passarinho

Corcoveando

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Garra me na força do laço
A precisao de uma bala
Trago o aconchego do abraço
A proteção do meu pala

Tire da cara essa venda
E corcoveia o cansasso
Mostra esse guapo uma lenda
Feito um farrapo um balasso
Mostra esse guapo uma lenda
Feito um farrapo um balasso

Larga esse jeito banido
Sangra esse risco de espora
De-me esse grito contido
Que eu vo pelear mundo a fora 2x

Quero um grito de alforria
Quero o fim da opressão
Quero ver essa utopia
Transformada em procissao

Quero a minha liberdade
Cantada louca varrida
Espalhando sua verdade
Tanto tempo proibida
Espalhando sua verdade
Tanto tempo proibida

Larga esse jeito banido
Sangra esse risco de espora
De-me esse grito contido
Que eu vo pelear mundo a fora 2x

Eu sei que vem peleando
Orgulho de uma nação
Feito potro corcoveando
Feito freio em redomão

Vem cabeças erguidas
Sem jamais olhar no chão
Cicatrizes nas feridas
E asas no coração
Cicatrizes nas feridas
E asas no coração

Larga esse jeito banido
Sangra esse risco de espora
De-me esse grito contido
Que eu vo pelear mundo a fora 2x


De-me esse grito contido
Que eu vo pelear mundo a fora 2x

Canciones más vistas de