Mordida

Cosmopolita

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Ela se foi
Partiu sem deixar pistas
Caiu no mundo como faz um turista
Tomou um bonde e dispençou o maquinista
Passarinhou, cosmopolita

Tomou chá de sumiço, evaporou, dobrou a esquina
Tomou chá de sumiço, evaporou...

Sumiu do mapa, derreteu que nem pastilha
Nem um bilhete ela deixou na cozinha
Só restou seu assobio de manhãzinha.
E eu aqui torcento pra essa cretina.

Picou a mula, foi a luta, descolou da minha retina
Picou a mula, foi a luta...

Ela se foi, se foi, se foi...
Ou fui eu que fiquei na minha?

Eu te chamava "alô quem fala"
Te implorava, te pedia
Não vá, não vá... (não vá, não vá...)
Não vá pra nova york sozinha

Ela se foi
Partiu sem deixar pistas
Trocou de buso como faz o turista
Tomou um bonde e dispençou o maquinista
Desbaratinou, cosmopolita

Ela se foi, se foi, se foi...
Será que não caiu a ficha?

Eu te chamava
Te implorava, te pedia
Não vá, não vá... (não vá, não vá...)
Não vá pra nova york sozinha

Não vá sozinha...
Não vá sozinha...

Sayonara, adíos

Não vá pra nova york sozinha
Não vá pra nova york sozinha
Não vá pra piraquara... sozinha!

Não vá pra nova york sozinha