Cravei Raízes No Campo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Fui campear na capital
O que achava promissor
Deixei a guampa de canha
Abandonei a campanha
Sem noção do seu valor,
Lá na floresta de pedra
Quase morri de calor
Até que é bela a cidade
Mas já perdi pra saudade
E voltei pro interior.

Meu lugar é na campanha
Entre o gado e os baguais
Hoje sei do teu valor
Por isso velho interior
Não te deixarei jamais,
Cravei raizes no campo
Nunca mais saio de lá
Ousso quando me levanto
Acordes vivos do canto
Que entoa o sabiá.

O rock lá da cidade
Troquei pelo vaneirão
Prédio de vários andares
A discoteca e os bares
Por fandangos no rincão,
Voltei direto pra estância
Pro lombo do alazão
Ao retornar da invernada
Saboreio a carne assada
No braseiro do galpão.

Meu lugar é na campanha
Entre o gado e os baguais
Hoje sei do teu valor
Por isso velho interior
Não te deixarei jamais,
Cravei raizes no campo
Nunca mais saio de lá
Ouço quando me levanto
Acordes vivos do canto
Que entoa o sabiá.

Canciones más vistas de