António Zambujo

Cravo de São João

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Quando a vi ela trazia
Bem juntinho ao coração
Como um hino de alegria
Um cravo de são joão
Passou por mim apressada
Da primeira vez que a vi
Achei a moça engraçada
E nunca mais a esqueci

Vinha bonita
Com o seu vestido de chita
Tinha uma graça infinita
Tinha um ar bem português
O meu olhar
Pousou nela como um beijo
E fiquei com o desejo
De a encontrar outra vez

Fez-me o destino a vontade
Novamente a encontrei
Mas para falar a verdade
Que diferença eu lhe achei
Elegante no trajar
De luxo e ostentação
E uma orquídea no lugar
Do cravo de são joão

Vinha elegante
Num vestido extravagante
E tinha um ar petulante
Que cheirava a perdição
Naquela orquídea
Sua vida se resume
Porque perdeu o perfume
Do cravo de são joão


Autor(es): Aníbal Nazaré / Martinho Da Assunção

Canciones más vistas de