Gino e Geno

Cruel Telefonema

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp


Maldita hora que usei o telefone
Disquei os números da cruel solidão
Ouvi a voz da menina mais carinhosa
Com o espinho de uma rosa
Machucou meu coração

Marquei encontro sabendo que não podia
Mas eu queria sair daquela aflição
Cada minuto que eu passei nos seus braços
Trocando beijos e abraços
Pra aumentar minha paixão

Estou falando o que sinto abertamente
Meu coração tá doente
Sofrendo uma grande dor
Morena, teus lábios tem veneno
E meu peito é pequeno
E não cabe tanto amor

(Coração tá xonado, moçada!
Mas a morena vem pro pedaço, minha gente!)

Estou falando o que sinto abertamente
Meu coração tá doente
Sofrendo uma grande dor
Morena, teus lábios tem veneno
E meu peito é pequeno
E não cabe tanto amor


Autor(es): GINO / Antonio Ramos

Canciones más vistas de

Gino e Geno en Junio