Bruno Ribas

Cubango 2010

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

É mais que paixão,
Beirando a loucura
Vesti verde e branco,
Ninguém me segura
Cubango encanta e traz liberdade
Aos loucos da praia chamada saudade

O trono enlouqueceu
Essa epopéia decifre ou lhe devora
O palácio se ergueu no toque do marquês
E o monarca nessa zorra deita e rola
Insano que sou, viajei
E vi a beleza maquiar a clausura
Os loucos de pedra fazendo a história
Camisas de força tolindo memórias
E a nova banana, tremenda baderna
Mais doido é o povo ou quem te governa?

Tá lotado de maluco... Fechou!
Assombrado, o artista pintou
Já é hora da virada nesse surto imaginário!!!
Tô por conta do cenário,
Sou um louco sonhador

Renasce das cinzas pra vida
Bossa nova, um hino contra a opressão
Em uma nudez incontida
Da dura que dita, sangrando a nação
Clareia minerva assanhada
Ergui a bandeira nas diretas já
Pra ver meu país mais feliz
De cara pintada, eu fui protestar
E o meu brasil pinel desperta pra folia
Sambando no raiar de um novo dia


Autor(es): Carlinhos Da Penha / Diego Nicolau / Dilson Marimba / Junior Duarte / Raphael Prates / Sardinha

Canciones más vistas de

Bruno Ribas en Mayo