Cuitelinho

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Introdução:Carlos Gomide

Tava tocando viola, ouvi: "ola baixinho
""Perdoe violeiro, violar teu canto assim,
Ai, que saudade de ouvir o Cuitelinho"

Satisfaço o teu desejo, nada tendo a perdoar
É missão de violeiro, violando encantar,
Peço perdào se acaso o violeiro chorar

Cheguei na beira do Porto onde as onda se espalha
As garça, da meia volta e senta na beira da praia
E o cuitelinho não gosta, que o botão de rosa caia, ai, ai

Ai, quando eu vim da minha terra e despidi da parentaia
Eu entrei no Mato Grosso e dei em terras paraguaias
Lá tinha revoluçào, enfrentei forte bataia, ai, ai

Ai a tua, sodade corta como aço de navaia
O coração, fica aflito, bate uma a otra faia
E os oio se enche d`agua, que inté a vista se atrapaia, ai, ai

Comprei um, vestido novo e um colar pro seu pescoço
Voce fica, bonitinha, feito um lambari do poço
E o cuitelinho não gosta, que o botão de rosa caia, ai, ai

Canciones más vistas de