De Cabeça No Mundo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Adeus amor vou partir só não sei como ir
Vou de caminhão ou a pé
onde for no que der
Que alegria...
Acordar e não ver
Nem ouvir de você
a reclamação por não ter
ambição ou poder
nem um dia no ano
Ser um poeta cigano
Um vagabundo sem fama, sem cama
Correr longe de oportunidades
Ser marginal a vontade, sobreviver
tanto me faz ser ou não ser
só preciso mesmo entender a realidade

Adeus amor vou partir sem saber onde ir
O meu sonho só começou
e o teu se acabou
quem diria...
Acordar pra sorrir
pra esconder, pra fingir
que a vida prossegue normal
quando tudo vai mal
Não, nada melhor que a vontade
nada melhor que a vontade de viver
Perto de tudo aquilo que explode
o coração sempre pode, terá poder
Tanto me faz ser ou não ser
só preciso mesmo entender, a realidade

Adeus amor vou partir só não sei onde ir
Pelas linhas da minha mão
piso fundo no chão
piso fundo no chão e
vou de cabeça no mundo.


By:~Rúbii


Autor(es): Cláudio Nucci / Luís Carlos Sá

Las canciones más vistas de

Cláudio Nucci en Agosto