Deixa de Prosa

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Minha morena deixa de prosa
Deixa de dengo e vem dançar
O teu dengo eu já conheço
Cai no balanço e vem dançar

Esse dengo é pra maltratar
Quem te adora e quem te quer bem
É bobagem, é ciúme à toa
O meu coração não é de mais ninguém

No são joão do ano que passou
Essa onda toda aconteceu
Tu chegaste tão dengosa assim
Mais no fim da festa quem ganhou fui eu


Autor(es): Anastacia / Dominguinhos

Las canciones más vistas de

Elino Julião en Octubre