De Espora e Mango

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Gosto de mas de um teatino que se casque num rodeio
Debaixo dos meus arreio torcendo pasto e carona
O corcovo do demonho faz compasso pro meu mango
Marcando passos de tango gorneando na minha chorona

Mas te ajeita beiçudo que eu te tiro teu couro
Que de nenhum crinudo agüentei desaforo
Minha chilena tu prova no calor do entrevero
E meu mango te escova heia! haha pra ti ser meu parceiro

(esta vai pros meu companheiro que gorpeia esse potro
Pelas estância do meu rio grande véio. agarra o trote cavalo)

Se agarrô lá na portera e sartô roncando pra fora
Berrando na minhas espora de tirão e manotaço
Grunia que nem cachaço dei-lhe um grito sem receio
Hoje eu te atoro no meio de tanta espora e mangaço

Mas te ajeita beiçudo que eu te tiro teu couro
Que de nenhum crinudo agüentei desaforo
Minha chilena tu prova no calor do entrevero
E meu mango te escova heia! haha pra ti ser meu parceiro

Foi me esfolando as batata no santo antonho do pasto
Arrancando toras de pasto berrando e torcendo o cacho
Os ferro comendo embaixo do cogote até a barriga
Arrancando até as lombriga da pança daquele guaxo

Mas te ajeita beiçudo que eu te tiro teu couro
Que de nenhum crinudo agüentei desaforo
Minha chilena tu prova no calor do entrevero
E meu mango te escova heia! haha pra ti ser meu parceiro

Nos quatro cantos do mundo tem rodeio e gineteada
Sempre alguém pede a bolada, mas beija o pasto num upa
Só este peão missioneiro dá-le pau mas faz carinho
E deixa o bicho mansinho pra ensiná a andá na garupa

Mas te ajeita beiçudo que eu te tiro teu couro
Que de nenhum crinudo agüentei desaforo
Minha chilena tu prova no calor do entrevero
E meu mango te escova heia! haha pra ti ser meu parceiro

Las canciones más vistas de