De Partida

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vou-me embora porque todo dia
É só mais um dia no rol dos dias
E até a lágrima
Queda estagnada de monotonia;
Vou-me embora e não quero
Que a nossa ferida se cure
E nem que a nossa voz se cale.

Vou-me embora
Pra que o tempo nos côbra em saudade
O que a vida vale,
Pra que o amor seja o que nos distancia
E não o ódio o que nos equivale.

Vou-me embora
Pra que o espelho não nos compare;
Vou-me embora
Pra que seja a vida ao invés da morte
O que nos separe...


Autor(es): Baden Powell / Hermínio Bello de Carvalho

Las canciones más vistas de

Elizeth Cardoso en Septiembre