Depois do Carnaval

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Depois do carnaval eu vou tomar juízo
Há muito que eu preciso me regenerar
Largar mão da viola, procurar batente
Preciso urgentemente me estabilizar

A vizinhança já está falando horrores
Você não me defende, ainda vem contra mim
Dizer que não trabalho e vivo de favores
Há tanto exagero, não é bem assim

A vizinhança já está falando horrores
Você não me defende, ainda vem contra mim
Dizer que não trabalho e vivo de favores
Há tanto exagero, não é bem assim

Mais tarde vem você
Depois do carnaval
Você vai compreender
Que é muito natural

Mais tarde vem você
Depois do carnaval
Você vai compreender
Que é muito natural

Depois do carnaval eu vou tomar juízo
Há muito que eu preciso me regenerar
Largar mão da viola, procurar batente
Preciso urgentemente me estabilizar

A vizinhança já está falando horrores
Você não me defende ainda vem contra mim
Dizer que não trabalho e vivo de favores
Faz tanto exagero, não é bem assim

A vizinhança já está falando horrores
Você não me defende ainda vem contra mim
Dizer que não trabalho e vivo de favores
Faz tanto exagero, não é bem assim

Mais tarde vem você
Depois do carnaval
Você vai compreender
Que é muito natural

Mais tarde vem você
Depois do carnaval
Você vai compreender
Que é muito natural


Autor(es): Beto Scala / São Beto

Las canciones más vistas de

Jair Rodrigues en Agosto