Desacato

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Inofensivo aquele amor
Que nem sequer se acomodou
Já morreu

Quem destratou a ilusão
E maltratou meu coração
Não fui eu

Não adianta me envolver
Nas artimanhas que você
Preparou

E vá tratando de esquecer
Leve os breguetes com você
Me zangou

Por isso agora
Deixa estar, deixa estar
Que eu vou entregar você

Por isso agora
Deixa estar, deixa estar
Que eu vou entregar você

Inofensivo aquele amor
Que nem sequer se acomodou
Já morreu

Quem destratou a ilusão
E maltratou meu coração
Não fui eu

Por isso agora
Deixa estar, deixa estar
Que eu vou entregar você

Por isso agora
Deixa estar, deixa estar
Que eu vou entregar você

Por isso agora
Deixa estar, deixa estar
Que eu vou entregar você

Por isso agora
Deixa estar, deixa estar


Autor(es): Antônio Carlos / Jocafi

Las canciones más vistas de

Cláudia en Agosto