Meliantes

Desavenças

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Nunca se esqueça do que fiz pra ter você
Das desavenças que penei para esquecer
Das suas mentiras que deixei acontecer
O que fizestes foi ruim pra mim mas vou te esquecer

Não vou deixar que um desprezo estrague, recicle o fim
Sem você estou melhor
Pelo menos assim

Esqueço tudo que um dia nasceu
Dentro de mim o que era seu, agora morreu
Esqueço tudo que um dia cresceu
Brotou bonito, frágil e só
Mas o vento bateu

Tantas palavras que iludem a si mesmo
Suas carências deixaram de estar em meus pensamentos
Os anos passam e não vemos os eu
Tudo que um dia você foi pra mim sobrou os erros seus

Não vou deixar que um desprezo estrague, recicle o fim
Sem você estou melhor
Pelo menos assim

Esqueço tudo que um dia nasceu
Dentro de mim o que era seu, agora morreu
Esqueço tudo que um dia cresceu
Brotou bonito, frágil e só
Mas o vento bateu