Deusa da Minha Cama

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

"Foi de repente, eu ainda estava rindo
Você virou pro lado e dormiu num instante
Acentuando estas formas que eu desejo
Como uma deusa, tão perto e tão distante
- Eu não soube como reverenciar
Enquanto Charles Bronson exalava na TV.
Todo mal cheiro do seu lixo moral
Você dormindo sorria e me possuía
Isso eu nunca tinha sentido igual
- Eu não soube como agradecer

Eu que sempre vivi encerrado em mim
Nunca imaginei que mudasse assim
E nada se perdeu

E minha insônia se tornou tão interessante
Eu acordado e excitado o bastante
Queria lhe tocar sem saber se devia
Quando você virou e sussurrou "bom dia"
Aí eu soube o que fazer..."


Autor(es): Gustavo Mullem / Karl Hummel / Marcelo Nova

Las canciones más vistas de