Deste Sul Que É Nosso

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Num trocar de orelha
Que meu pingo avisa
Quando chega a hora de se apresenta

Um palmear de laço
Trazendo uma ância
No saltar das veias
Pro céu destapar

Um riscar de couro
Que o garrão tenteia
Pra deixar no pelo um refletir de sol

Um atar de lenço
Maragato e meio
De causar inveja no própiro arrebol

Num quebrar de costela
Daqueles que agente
Conquista e presente
Que é de alguém do sul

Deste sul que é nosso
Só agente tem
Do verde mais verde
Do céu mais azul

Um ponter de pinho
Daqueles que aleguas de saudade dela
Se apequena em mim
Um florear de gaita
Que esse desgraçado deboxa da magoa
Retrucando assim

Um acoar de cusco
De levar por diante
Todo o desaforo de um zebu gavião
Um passar de cuia
Pra sentir que a vida
É bem mais bonita quando estende a mão

Las canciones más vistas de

Pirisca Grecco en Agosto