Devagar Comigo

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Devagar comigo que eu sou de barro
Não precisa tapas, nem com flor me bata

Leve-me contigo dentro do teu carro
Um susto me mata, basta uma barata

Não me esculache nunca me despache
Chegue tome conta, pague minhas contas

Depressa me abrace passe-me e repasse
O amor que conta, afinal de contas

Tenho mil caprichos adoro poemas
Faça o impossível, eu sou de cristal

Devagar com isso leve-me ao cinema
Sou um ser sensível, canto coisa e tal

Chegue tome conta leve-me p'ra cama
Nunca mais me largue, grude no meu pé

Um dois três me adoce leve à boca e coma
Pegue-me e guarde, faça o que quiser


Autor(es): Itamar Assumpção

Las canciones más vistas de