Dia Cinza

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Abaixo do céu cinzento
O vento cheira a pedaços do passado indo embora
Resta apenas a memória
O frio queima traços do meu rosto entristecido por alguns dias de dor

No calor de nossos dias
A energia desperdiçada agora dá saudades
Retalhos de um amor inconseqüente
Na verdade bem maior era o desejo: o mais difícil de esconder

E ainda me consome: a vontade de te ter
Quando o risco vale a pena, não tem como esquecer
Entre enganos e descuidos, mesmo assim é pra valer
Sem promessas ou desculpas, pra matar ou pra morrer
Pra matar ou pra morrer

No calor de nossos dias
A energia desperdiçada agora dá saudades
Resta apenas a memória
O frio queima traços do meu rosto entristecido por alguns dias de dor


Autor(es): Cesar Branco / Guilherme Basso

Canciones más vistas de

Fighter en Febrero