Dia Manso

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Já não sinto em mim o
seu calor.
Me agarro e sinto, minha
dor
é tudo o que resta
da vida que eu fui,
da festa.
Sozinho, reclamo, afano seu
sono
pra dizer que o dia vem
manso, vem
dia.
Sinto você em mim,
mas abstrata não posso
aceitar.
O seu corpo sonha em frente
à mim,
sinto em meu ser meu próprio
fim.
Mas, volto, resisto, insisto
em viver a
vida.
Tão longe, reclamo, afano
seu sono
pra dizer que o dia
vem manso, vem dia.
Sinto você em mim.
Mas, abstrata, não posso
aceitar
o seu amor.


Autor(es): Roberto Travassos

Canciones más vistas de