Diamante

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Escolha o adeus, fel a minha traição
Se é o agora, quero o ontem
E se me entende vez, caminha a visão
Vejo agora quem é você
E não me beije mais
Que o sol viva em paz
Algo descanse a dor

É fácil dizer "não amo você"
Quando te amo, te amo demais
Pra dizer que o fogo desfez
Não sei de nada além
E viver? É previsível
Discutível, destrutível,
É impossível
A timidez do invisível vencido
Arde a tez... Tristeza

Me queime em seu papel
Na sua aflição
Se é o agora, quero o ontem
Estranhos num motel
Traída atenção
Se é o agora quero o ontem

Que eu te veja
Mas a noite é longa
Sem comprimido e sabor.


Autor(es): Dotto

Canciones más vistas de

Anjos Do Hanngar en Febrero