Dia de Passagem

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

[Pablo]
Tem vez que a bala passa perto
Vida passa e passando a loucura, o que fica pra nós
Rua ferve igual deserto
A onda passa e passando a loucura
Eu vi que o medo de vocês é o poder que nós constrói com a voz

[Seman]
Eu vejo meus irmãos morrendo
Matando, roubando, indo preso
E se malandragem é viver, malandramente eu sigo ileso
E pra quem sacomé vai um papo de malandro jão
A vida é uma só e pra quem fica resta os pranto
Então respeita a lei em qualquer lugar do mundo
Seja branco, preto, amarelo, limpo ou sujismundo
E consideração se tem pra quem age na pureza
E pra quem não é, um abraço
As vezes rola uma surpresa

[Sadan]
É geração da orientação
Sadan na rima é tipo Afeganistão
É 1Kilo Records se não gravou ainda
Os muleque é muito louco dopadão de codeína
E a minha rima vale pérola
Você sabe eu nunca falhei na missão
Adrenalina transformada em cédula
Razão que me leva ao dinheiro
Dinheiro que tira a razão

(DoisP)
Vida breve
Minha gangue decola antes que o tempo feche
Pesadelo deles, ouro em cada track
Sangue e dólar, dosando o que a vida pede
Ninguém mais nos impede

[Pablo]
Tem vez que a bala passa perto
Vida passa e passando a loucura, o que fica pra nós
Rua ferve igual deserto
A onda passa e passando a loucura
Eu vi que o medo de vocês é o poder que nós constrói com a voz

[Seman]
Pensa pô, pensa digna recompensa
Pensa só, pensa depois me diz se compensa
Sem paz, sem medo, sem vida, certeza
Sem mais, nem menos
Se liga, só pensa
Evolução é mudança, e só funciona praticando
O bom camaleão nem manja a dança, e já sai dançando
Fanfarrão é mato, e de fato eles vão tá “guitando”
Mas não, não adianta vocês não estão me alcançando
Tô outro plano de vivência
Outro nível de consciência
Eu mudei minhas atitudes e também minha intenção
Buscando sapiência, tive que ter paciência
Feinho não te ilude tudo isso vem na mão

[Pablo]
Tem vez que a bala passa perto
Vida passa e passando a loucura, o que fica pra nós
Rua ferve igual deserto
A onda passa e passando a loucura
Eu vi que o medo de vocês é o poder que nós constrói com a voz

[Seman]
Na vida um astronauta
Eu trilho sempre sentido ao norte
Canalizo essa revolta, sigo na fé não na sorte
Liberdade pros Cupicho e luz pra quem se foi
Que la de cima nos guie e nos ilumine até o dia da nossa passagem


Autor(es): DoisP / Pablo Martins / Rafael Sadan / Seman D'lamotta

Canciones más vistas de

1Kilo en Febrero