Diário de Um Bêbado No Huga-buga

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Mesmo que me digam neste mundo estou perdido.
Eu não terei forças pra mostrar como me sinto
Vejo que as coisas estão jogadas no quintal.
E eu no meio delas sobre um sol de trinta graus.

Veja que a vizinha estende a roupa.
E eu só imagino, ela beijando a minha boca.
Quando ela termina, que eu começo a me empolgar.
Lá vem a chuva; vou ter que viajar noutro lugar.

Mas a partir de amanhã, você vai ver.
Vai ser bem diferente, eu vou provar pra você.
Eu vou parar de fumar, vou parar de beber.
Não vou mais usar drogas... eu vou morrer.

Mesmo que as plantas cresçam aqui no seu quintal.
Só vão estar prontas pra consumo no natal.
E até lá! eu vou ser obrigado a beber.
E pra beber tem que trabalhar.

Você ta achando estranho por quê?
Não que eu queira mudar!

Mas depois de amanhã, você vai ver.
Vai ser bem diferente, eu vou provar pra você.
Eu vou parar de fumar, vou parar de beber.
Não vou mais usar drogas... quando eu morrer!

Canciones más vistas de

David Matos Pdez en Febrero