Do Arranha-céu

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Do arranha-céu te ouço me chamar
Do arranha-céu posso te ouvir gritar

Chama no olhar, não havia o que temer
Não havia o que temer
Era aquele andar, evitei olhar, mas sabia o que fazer
Soube antes de nascer

Do arranha-céu te ouço gritar
Perdão! Sobe a cancela
Não vim pra te estender a mão
Perdão! Lançada a flecha
Sofrer é parte da missão

Queimem cartas e cartões postais
Partilhem ouro e bens materiais
A liberdade nunca esteve aqui
Se libertar é deixar de existir.

Canciones más vistas de

Envydust en Febrero