Dificilmente Eu Facilito

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Sozinho em seu reino
Daqui nem se ouvem mais os gritos
Fez um favor ao livrar o mundo de mais
Um filho da puta maldito

Dificilmente eu facilito
Não é nada que não possa piorar
E certamente entro em conflito
Com quem vier, quiser, puder aguentar

Na primeira fileira
Nos camarotes, com seu fino terno
E o nome grafado na cadeira
Do seu lugar no inferno

Dificilmente eu facilito
Não há nada que não possa piorar
E certamente entro em conflito
Com quem vier, quiser, puder aguentar
Com quem quiser, vier, puder aguentar

Quem planta espinhos
Não tira o salto
Mais dura é a queda
Do mais alto

É apenas uma criança aflita
Filha da puta e maldita
Só pra ficar bem claro, e nada oculto
Estou falando de um adulto

Essa é uma terra onde as crianças não tem vez
Depois dos 33

Dificilmente eu facilito
Não há nada que não possa piorar
E certamente entro em conflito
Com quem vier, quiser, puder aguentar


Autor(es): Ivan Halfon / Ricardo Machado

Canciones más vistas de