Disfarce

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Eu sei que você tem os seus segredos
Suas magias e seus medos
Não choro e nem vou me desculpar
Gravei tuas manias e teus vícios
Trocando os fins pelos inícios
Pra poder então me provocar

Pelas noites em que imploro a tua volta
Logo me bate uma revolta por saber que nada está por vir
Eu bordei nas linhas dessa vida torta
Não sei se isso me conforta e não me importa
Eu só preciso então fingir

Que não faço parte de um álbum de lembranças
E que os teus poemas ainda são pra mim
Sei que já passamos por planos e enganos
Não discuta, só escuta
Pois enfim

Eu notei que já não queres o meu colo
E que atrapalho, não consolo
Mas se um dia você quiser voltar
Cesso o pranto e em tom de acalanto
Vou dizer que ainda te amo
Vou pedir só pra você ficar

Disfarce
Disfarce pra poder me enganar

E eu me pergunto
Se sou medo ou se sou mito
Nosso conto está escrito
Numa história ao revés
O universo inverso
Te proponho, te confesso
Teus sussurros não são surdos nem fiéis

Eu me perdi
E me encontrei pelos olhares
E nas esquinas pelos bares
Eu ainda teimo em procurar
Os meus disfarces

Mas disfarce
Disfarce pra poder me enganar

Canciones más vistas de

Tom Drummond en Enero