Diva Uma Ova

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Vocês não entenderam nada
Meu mundo não caiu
Meu cabelo não armou
Direi palavra por palavra
Aqui não há glamour
Sinto, mas diva não sou
E diva nunca fui
Mas você pode me ver

Como fone de ouvido
Em pé no vagão de metrô
Espremendo espinha no espelho do elevador
Tocando guitarra sentada no amplificador
Na sala de casa xingando o computador

Vocês não entenderam nada
Meu mundo não caiu
Meu cabelo não armou
Direi palavra por palavra
Aqui não há glamour
Sinto, mas diva não sou
E diva nunca fui
Mas você pode me ver

Cantando embaixo do chuveiro aquela do Lulu
Imitando Olivia Newton-John em Xanadu
Fazendo omelete, entupindo a cara de tofu
Tirando um cisco do olho e tendo um déjà-vu
Déjà-vu

Vocês não entenderam nada
Meu mundo não caiu
Meu cabelo não armou
Direi palavra por palavra
Aqui não há glamour
Sinto, mas diva não sou
E diva nunca fui
Mas você pode me ver

Cantando embaixo do chuveiro aquela do Lulu
Imitando Olivia Newton-John em Xanadu
Fazendo omelete entupindo a cara de tofu
Tirando um cisco do olho e tendo um déjà-vu


Autor(es): BluBell

Las canciones más vistas de

Blubell en Noviembre