Doce Cunhã

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Cunhã-poranga mulher guerreira
Índia mais bela do meu boi

Como a brisa deslizando na candura das manhãs
Dentre todas as mais belas é a mais doce das cunhãs
O teu olhar tem o brilho das estrelas
Luminando o firmamento
O teu bailado a leveza de uma pluma
Carregada pelo vento

Cunha-poranga és como a flor da Iripema
No coração da Amazônia
Ornando o azul desta nação
Moça bonita, tens a essência da alfazema
Exalando em minha alma
Perfumando esta paixão

Índia guerreira, apaixonada cunhã
No embalo da toada
Encanta o meu coração
Linda do meu boi
Balança e faz a ilha balançar
Cunha-poranga bela do boi caprichoso meu amor

Dança, gira ao luar, com meu touro na arena
Vem brincar no orvalho da noite
Da madrugada serena


Autor(es): Cesar Moraes / Chiba / Paique Andrade

Las canciones más vistas de