Do Outro Lado Da Rua

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Do outro lado da rua
Brilha mais a luz da lua
Tem mais cheiro qualquer flor
No outro lado da rua
Tem uma janela nua
Que se veste de amor
É quando ela aparece
Atendendo a minha prece
Se debruça, a sonhar
Sonha sonhos tão distantes
Nem por escassos instantes
Os que eu teimo acalantar
Se essa rua, se essa rua fosse minha
Eu mandava, eu mandava ladrilhar
Com pedrinhas, diamantes de saudade
Das lembranças que guardo do teu olhar
O outro lado da rua
É tão longe, tão distante
Até mesmo de um mirante
Tem milênios de lonjura
Cem léguas de não-ternura
Quisera eu caminhar
A distância do luar
Pra entender o teu mistério
Janela de outro hemisfério
É sertão que não se agúa


Autor(es): Anchieta Dali / Xico Bizerra

Canciones más vistas de

Xico Bizerra en Enero