Doida

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Você fala que eu sou teu
Que o gosto do seu beijo sempre será meu
Me beija, me abraça faz tudo que quer
E jura que será sempre minha mulher,
Mas depois me manda embora
Chuta o balde, quebra tudo, pisa e joga fora
Briga assim, faz minha cabeça pirar
Depois arrependida pede pra voltar...

Nosso amor é descarado
Nosso amor não tem vergonha
Ele não é complicado
E ai de mim, se alguém falar mal de você
Eu dou a minha vida pra te defender...

Você é doida
E eu mais doido ainda por você
Não tem juízo
E eu me faço cego pra não ver
Quem nunca teve, quem é que não viu,
Um amor safado, um amor doentil...

Você é doida,
E eu mais doido ainda por você
Não tem juízo
E eu me faço cego pra não ver
Prazer e tapas, paixão e ternura
Nosso amor é briga, é festa, é loucura
E a gente vai vivendo assim...

Nosso amor é descarado
Nosso amor não tem vergonha
Ele não é complicado
E ai de mim, se alguém falar mal de você
Eu dou a minha vida pra te defender...

Você é doida
E eu mais doido ainda por você
Não tem juízo
E eu me faço cego pra não ver
Quem nunca teve, quem é que não viu,
Um amor safado, um amor doentil...

Você é doida,
E eu mais doido ainda por você
Não tem juízo
E eu me faço cego pra não ver
Prazer e tapas, paixão e ternura
Nosso amor é briga, é festa, é loucura
E a gente vai vivendo assim...

Canciones más vistas de

Kaio e Kelvin en Agosto