Dois cus

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Como posso esquecer aquela noite fria,
teu músculo do amor inerte em minha mão dormia
Não houve simpatia, reza ou benzimento
Capaz de levantar o que outrora em mim ardia
Fui eu quem te trouxe do Largo do Arouche
São passados os anos, já não sou mais jovem
Foi-se aquela chama de menino novo
Tentei catuaba e caracu com ovo
Eu não te quero mais, já tenho outro rapaz que
satisfaz meus desejos
Que pesa em minhas costas, beija minha nuca e me cobre
de beijos

Como pode desprezar um amor tão antigo
Você não eras nada e te dei abrigo
Te ensinei de tudo, te pus nessa vida
Pus tantas pomada nas suas feridas
Se me curastes as chagas é porque me ferias
Tanto tempo suportei as tuas grosserias
Os teus modos rudes, fantasias de meninas
E a tua mania de poupar vaselina
Eu não te quero mais, já tenho outro rapaz que
satisfaz meus desejos
Que pesa em minhas costas, beija minha nuca e me cobre
de beijos

Volta, meu amor, volta
Reconsidere a sua decisão
Vais me trocar, eu, pelo quarto zagueiro da seleção??
Volta, meu, volta... Façamos só mais uma tentativa
Ouvi falar de uma garrafada que faz em Curitiba
Volta, meu amor, volta
Eu te dou de presente um chevete se vc ficar comigo
E me pagar mais um boquete...

Canciones más vistas de