Dois Ébrios

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Pra esquecer o meu amor eu fui beber num botequim
Quando veio um pobre ébrio que sentou perto de mim
Com seus rosto maltratado mostrava seu triste fim
E olhando um retrato ele me falou assim:

A mulher que eu tanto amava destruiu minha esperança
Me deixando um certo dia não honrou nossa aliança
Sua negra falsidade sempre na lembrança
E até a própria vida eu perdi a confiança

Com o coração em brasa sua história eu contei
E ouvindo estas palavras de tristeza até chorei
Naquele mesmo retrato minha amada eu avistei
Pra aliviar meu sofrimento a verdade eu confessei.

Aquela mulher malvada que abandonou meu lar
Pra realizar meu sonho veio comigo morar
Certo dia foi-se embora me deixou triste a penar
Hoje afogo as mágoas nas bebidas deste bar.

Las canciones más vistas de