Dois Poderes

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Dois Poderes

Dizem que o diabo em principio era um anjo de valor
S?rem tinha um instinto de inveja e mal feitor
Queria fazer as coisas melhor que o nosso senhor
Tornou-se um pretensioso por dizer pra Deus um dia
Que tudo que Deus fizesse o diabo tamb?fazia
E Deus deu r?as pra ele s?a ver onde ele ia.


E por ali come? a grande contrariedade
Todas as obras de Deus feita com dignidade
Porem as obras do diabo todas feitas com maldade.
E Deus s?zia as coisas enfeitando a natureza
O diabo fez a fei?e o Deus fez a beleza
Quando fez a alegria, o diabo fez a tristeza.

O diabo fez a maldade e o Deus fez o carinho
O diabo fez o atalho e o Deus fez a caminho
Deus fez a flor para o enfeite, o diabo fez o espinho;
Porem as obras de Deus tinha perfei? de sobra
Porem o diabo n?tinha perfei? em suas obra
Quando Deus fez uma fita, o diabo fez uma cobra.

O diabo tentou fazer a cobra com p? m?
E Deus botando o veneno de acordo com a maldi?
N?deixou perna, nem bra?, anda de arrasto no ch?
Quando Deus criou a paz, o diabo criou a briga,
O diabo fez a inveja, e Deus criou a figa,
O Deus inventou a planta, o diabo fez a formiga.

J?alei em tantas coisas, com esta tudo eu acabo
Armamento e valentia fumo, cacha?e homem brabo
Tudo que traz preju? ?bras primas do diabo.
Essa guerra desses dois tem gente at?omentando
Que o contrato ?ois mil anos pra viverem se guerreando
Vamos ver no fim dos dois quem ?ue fica mandando.

Se souberem ?m favor contarem pro Gildo Freitas
Por qual seria dos dois que as mulheres foram feitas
Eu sem saber j?aranto que ? obra mais perfeita


Autor(es): Gildo Freitas

Las canciones más vistas de

Gildo de Freitas en Octubre