Dona Juvina

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Mamãe Juvina cria uma filha moça
E mora ao lado do riacho do Jucá
Tem uma ponte feita de pau de favela
E todo homem queria passar por lá
Dona Juvina ficou braba com os paqueras
Botou fogo na pinguela do Juca
E hoje em dia quem namora a filha dela
Fica na beira mais não passa na pinguela

E lá no alto mora um tal de Zé do gancho
Que é gamado pela filha de Juvina
E quando viu a pinguela pegando fogo
Hoje eu me vingo e carrego aquela menina
Desceu o morro com a cara de pantera
Ficou na beira mais não passou na pinguela
E hoje em dia quem namora a filha dela
Fica na beira mais não passa na pinguela

Pois o riacho do Juca é muito fundo
E sem pinguela ninguém pode atravessar
Quem não tem culpa paga por quem é culpado
Assim falaram os moradores do lugar
Dona Juvina pra salvar sua donzela
Botou fogo na pinguela do Juca
E hoje em dia quem namora a filha dela
Fica na beira mais não passa na pinguela


Autor(es): Adolfinho / João Gonçalves

Canciones más vistas de