É a Cara do Pai

Imprimir canciónEnviar corrección de la canciónEnviar canción nuevafacebooktwitterwhatsapp

Com tanto cinismo enganas o esposo
E falsas mentiras dos lábios lhe saem.
Sabendo que o filho parece comigo
Você diz a ele: “é a cara do pai”.
Seu filho é o fruto do nosso amor louco
E por seu marido eu sinto, porém.
Você não tem pena e diz sem remorso
Que seu coração me pertence também

É a cara do pai
Que cinismo é o seu
Você acertou
Mas não revelou
Que este pai sou eu

Você inventou uma falsa viagem
O esposo foi embora e quem ficou fui eu
A chance de ouro que você queria
Para ser um dia mãe de um filho meu
Foram nove meses que seu pobre esposo
Com toda paixão de seu lado não sai
Ao nascer o filho, eu senti vergonha
Quando você disse:”é a cara do pai”

Las canciones más vistas de

José Fortuna en Junio